Ali estavam pessoas que nunca se tinham visto antes, uns mais bem vestidos outros mais abandalhados, mas todos tinham a mesma expressão, vínhamos sempre com pressa de usar.

Depois de sermos possuídos pelo efeito da heroína já ninguém era estranho, todos estávamos como se interligados, e aquele ritual fazia parte de toda a magia do consumo, não havia ali dedos acusadores apenas consumidores.

Pessoas são pessoas,  seja durante o uso de drogas, como em uma qualquer conversa de café , muita merda se diz sem sentido.

O mito da metadona chegava a ser assustador, tal que durante anos jurei para mim mesmo nunca procurar essa ajuda, aliás, chegava-se a falar durante os consumos que era preferível dar no cavalo do que tomar metadona.

Claro que passados anos de destruição e de curas fracassadas, ou morremos ou escolhemos não consumir.

 Muitos conseguiram estar anos e anos sem consumos pelo esforço que faziam, na maioria um esforço feito, não para eles, mas por aqueles que amavam e que já não podiam mais nem fazer sofrer, nem perder. Nenhum toxicodependente com anos de adição é viciado por querer.

Chegou a altura que tivemos que escolher, ou a morte , ou o fim dos consumos. Já não havia meio termo, já não era sustentável. Para além de termos perdido tudo, as frustrações do meio, são tão grandes, que não compensam o sofrimento. Já sem apoios e desculpas viramos-mos para o desconhecido assustador mito, a metadona.

Sabemos que aqui é o fim da linha, se não for “Meta” então já nada nos pode ajudar.
Estamos tão cansados e focados em acabar, que não nos interessa mais nada, afinal nada é pior que andar a usar, todas as coisas que metemos para dentro de nós, os locais por onde andamos , nada pode ser pior que isso .

Somos nós que escolhemos iniciar o tratamento.


 Somos nós que fomos ali bater á porta a pedir que nos inserissem no programa.
 Ninguém veio ter connosco (á exceção de centros de recuperação corruptos) para iniciar o tratamento, fomos nós que quisemos.

 Independente da informação que temos sobre os mitos da metadona, nós queremos, pois mais que tudo precisamos que isto acabe.
Não há explicação nenhuma, apenas nos colocam no programa, dizem-nos a regras relativamente aos não consumos durante o tratamento, iniciamos com uma dose baixa, e aumentamos até nós adictos decidirmos.

Muitos com medo dos tais mitos ficam em doses pequenas e porque não estão na dosagem correta acabam constantemente a recair, outros usam a metadona como substituto para andarem pedrados, ainda usam álcool e comprimidos como o serenal e outros ( geralmente passados pelos mesmos médicos que lhes dão a metadona) vivem como zombies, totalmente pedrados mas com drogas legais .

Mas pronto, depois passamos para o estrangeiro o sucesso que temos nesta luta contra a droga . Mas este é um outro assunto para um outro futuro artigo.  

A questão é que não há dialogo, não há uma conversa entre o medico e o paciente.  Há um silencio, uma barreira, onde a sinceridade e a humanidade nos colocam a todos no mesmo saco e na verdade nos tratam como …drogados. É triste!



Então é assim pessoal.  A METADONA vem com efeitos colaterais. 

Vamos então por partes;
Afinal como age a metadona sobre o corpo humano?
Como é que a metadona é absorvida?


A Metadona é rapidamente absorvida pelo estômago e intestinos sendo armazenada no fígado e é liberta para a corrente sanguínea num determinado espaço de tempo.
O Pico, ou seja, o auge do efeito da metadona são cerca de duas a quatro horas após a dose.

Euforia e sonolência podem ser visíveis se a dose de metadona inicial for muito alta, ou se a dose for aumentada no individuo muito rapidamente. Desenvolve-se tolerância dentro de duas semanas. Os pacientes não desenvolvem tolerância sobre o efeito da metadona, isto significa que quando chegarem a uma dose estável, não precisam de aumentar continuamente a dose para manter sintomas de abstinência.

Os efeitos colaterais mais comuns de tomar metadona incluem sudorese e obstipação. Todos os opioides podem causar os dois destes efeitos secundários, mas metadona é a que provavelmente causa mais. Estes efeitos geralmente não melhoram com o tempo.

Efeitos da metadona no fígado
Embora armazenada no fígado, a metadona não danifica o fígado.
Atenção, doenças médicas que afetam o fígado podem afetar o armazenamento e o metabolismo da metadona, mas metadona não cria deterioração da função hepática. Na verdade, não há a longo prazo efeitos adversos no tratamento com metadona. Sendo que os efeitos colaterais mais comuns são a sudorese, constipação, ganho de peso e disfunção sexual.


Opiáceos e o baixo nível de testosterona
A Metadona provoca disfunção sexual, particularmente nos homens. Todos os opioides, incluindo a metadona, suprimem os níveis de testosterona. Isto por sua vez pode diminuir o desejo sexual e limitar a capacidade de iniciar e manter uma ereção. Às vezes, como o corpo se ajusta à presença de um nível constante de opioides, os níveis de testosterona podem voltar ao normal. Se não, alguns pacientes do sexo masculino podem precisar de ser iniciado na testosterona de substituição.

Ganho de peso
Muitos pacientes na metadona dizem que eles anseiam por doces. A maioria das pessoas ganham peso enquanto na metadona, mas a razão não é clara. O ganho de peso pode ser devido a comer mais refeições do que quando usavam opiáceos ilícitos e gastar menos calorias sendo que a metadona inibe vontades de movimentos físicos como as atividades físicas.

Já experimentaste algum destes efeitos secundários?


Dá-nos a tua opinião e partilha a tua experiência. 




Comentários

  1. nao vale a pena voltar a falar no que ja foi dito aqui a minha questao e a seguinte onde vivo ha meta ao pontape que compras na rua um bote por 5 euros e tens tambem o mephenon mas para mim o pior e o psicologico e o meu medico receitou me xanax porque nao quero dar a cara com meta nem mephenon que aqui na rua arranjas sem problemas o meu problema e o psicologico entao atiro me ao xanax e logo a seguir vem a tal se comprar uma bolita de 20 paus que e o minimo que vendem aqui era melhor tou a um passo de tomar mephenom mas ja tomei os xanax e neste momento estou em casa sozinho isto parece estupido mas nao e sera perigoso ter tomado xanax e tomar mephenon ou talvez seja melhor ir buscar uma bola so hoje claro nao sei o que hei de fazer alguem me pode dizer quais os efeitos

    ResponderEliminar
  2. Fiz uma cirurgia no quadril em janeiro de 2018 sentia muitas dores intensas pós cirurgicas, começaram a me receitar metadona, os meus medicos nunca me disseram que ela era viciante, de fato a dor aliviava e hoje não tenho dores mais. Só que o pior aconteceu, fiquei dependente de metadona de tal maneira que se não tomo, não consigo, tomar banho, comer, dormir, viver. Sem a metadona sinto uma aflição, angustia , depressão infernal. Meu medico psiquiatra mandou parar de vez e começar a tomar socian, parei a uma semana, durante esse tempo tomei duas ou três vezes para não morrer de tanta tristeza.
    Preciso de ajuda . . .
    O que devo fazer? me render a metadona? esperar o socian começar a fazer efeito uma vez que só tem seis dias que estou tomando, ou me matar para acabar com esse calvario de vez?
    Aceito retorno e ajuda , tenho 35 anos sou escritor e moro em São Paulo. Brasil.11-986793659-ZAP-TIM!
    Muito obrigado!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Olá às vezes posso passar alguns dias sem vir ver o teu comentário mas venho frequeentemente, por isso assim que puder dou um feed back, tem coragem e bom animo...tu é capaz

Mensagens populares deste blogue

METADONA EFEITOS COLATERAIS

Metadona e o excesso de peso

Coisas da metadona