Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2017

Nas drogas aquilo que não sou

Imagem
O que não sou
Instalou-se a rotina.
O acordar de manhã e procurar formas para usar é só mais um dia de aflição e de correria iguais aqueles que já vivo á anos.
Os meus dias são nublados. Há alturas que o aperto que sinto é insuportável.
 Fico a pensar em tudo o que amo e que estou a negligenciar, penso vezes sem conta como sou eu capaz de fazer isto.
Estou perdido, estou mesmo fodido, estou preso num limbo de desespero, e todos dias perco mais a minha sanidade mental.
Tenho feito coisas que não quero pensar, tudo o que sou é aquilo que mais desprezo.
Agora tenho a certeza que já não há volta a dar. Ainda que sobreviva, tenho demónios e perdas que me atormentarão para sempre. Perdi demais.
Este aperto é uma doença, um cancro que me corrói, me despe de toda a humanidade, me arranca sentimentos de coragem, e a vontade de viver já não há.
Os meus movimentos são impulsionados pelo desejo de usar e já nada mais importa.
 Há anos que não me escorre uma lágrima, sou um calo, as ruas venceram e eu já nã…
Imagem
Ali estavam pessoas que nunca se tinham visto antes, uns mais bem vestidos outros mais abandalhados, mas todos tinham a mesma expressão, vínhamos sempre com pressa de usar.
Depois de sermos possuídos pelo efeito da heroína já ninguém era estranho, todos estávamos como se interligados, e aquele ritual fazia parte de toda a magia do consumo, não havia ali dedos acusadores apenas consumidores.
Pessoas são pessoas,  seja durante o uso de drogas, como em uma qualquer conversa de café , muita merda se diz sem sentido.
O mito da metadona chegava a ser assustador, tal que durante anos jurei para mim mesmo nunca procurar essa ajuda, aliás, chegava-se a falar durante os consumos que era preferível dar no cavalo do que tomar metadona.
Claro que passados anos de destruição e de curas fracassadas, ou morremos ou escolhemos não consumir.
 Muitos conseguiram estar anos e anos sem consumos pelo esforço que faziam, na maioria um esforço feito, não para eles, mas por aqueles que amavam e que já não podiam…

Alterações de peso na manutenção com metadona

Imagem
ALTERAÇÕES DE PESO - METADONA
O uso de metadona e  problemas de peso
Um dos temas mais falados ( nos EUA ) sobre questões ao uso de metadona é como esta droga afeta o peso, apetite ou o que você come.
 A metadona é um narcótico opioide que é dada aos adictos em opiáceos durante o processo de recuperação do vício ou dependência; 
Este método de tratamento é conhecido como terapia de substituição de drogas.
Usa-se  metadona para afastar as pessoas dos opiáceos mais fortes e esta é eficaz porque metadona alivia os sintomas de abstinência sem produzir efeitos eufóricos.
Enquanto terapia de reposição a metadona pode efectivamente funcionar para alguns aditos, no entanto a  metadona cria dependência química e vício.
Cada pessoa é diferente e pode responder diferentemente a diferentes drogas, a maioria dos viciados em ópiacios experimentam ganho de peso quando começam a usar metadona como parte de sua recuperação da dependência de opiáceos. 
Por outro lado, um dos sintomas mais perceptíveis …

KRATOM O CHÁ QUE MATA A RESSACA DO CAVALO

Imagem
KRATOM O CHÁ QUE MATA A RESSACA DO CAVALO 

A kratom é uma planta com muitos usos diferentes.
Ganhou recentemente popularidade no mundo inteiro como droga recreacional devido aos seus efeitos ligeiramente narcóticos, a planta era  tradicionalmente usada apenas na Tailândia, e nalgumas partes da Malásia.
A kratom era frequentemente utilizada como substituto para o ópio, na falta deste, ou para moderar a dependência causada pelo mesmo. A mitragina era usada para desabituar gradualmente os utilizadores de narcóticos.


Primeiro observemos rapidamente como funciona a kratom.


A kratom contém um número de componentes ativos, os chamados alcalóides, dos quais se crê que seja a mitragina a responsável pela maioria dos seus efeitos.


A mitragina é um agonista opiáceo, o que significa que tem uma afinidade com os receptores opioides do cérebro.


Estes receptores influênciam a disposição e a ansiedade.


A mitragina estimula estes receptores e melhora a disposição, dando uma sensação eufórica parecid…