PARA VER OS VIDEOS PARA A MUSICA

Global Debate Guerras das Drogas

Loading...

quinta-feira, 18 de julho de 2013

As coisas que podia ter feito...


Safo do Terramoto



Viver depressa demais, ter aquela pressa de crescer sem olhar a meios.Sentir necessidade de fazer tudo a correr, e esquecer que as atitudes de hoje são os reflexos de amanha.Um impulso que nos transporta até uma dimensão que parece boa mas que nos trás situações irreversíveis.Já não é só desistir das coisas, já não só dizer...-Ainda tenho tempo para mudar isto ou aquilo...São gravuras que simplesmente não desaparecem, não há cá maquina do tempo que nos faça retroceder nas asneiras vividas...e nem falo nas mazelas fisícas,..porque essas davam para fazer um testamento...mas nas lembranças que as pessoas dizem...." ó pá passado é passado....-è pa foda-se não me digam isso...Odeio que me digam isso ...é isso... e ..." tem calma...." que nojo!!Já era, o viver na correria do ter, do querer, do crescer, do fazer....tão estupído ....era muito bom...era...sim...eraDepois vem o desespero, o não saber lidar comigo mesmo.Uma vergonha do que eu sou , do que me tornei .Droga?...Não já não falo das drogas...isso é o mínimo...O que fica ...o que fica aqui dentro é o que conta agora.Os anos vão passando e vou dizendo...(já não vale a pena). Mas sabes uma coisa?... tinha valido.Mas, por causa desse pensamento derrotista, típico de coitadinho, a verdade é que os anos passaram...Depois alegro-me quando vejo no telejornal depois de uma noticia onde morreram uns quantos soterrados num terramoto lá na Índia um velhinho que acabou com oitenta e tal anos a universidade e todos o aplaudem ...dentro daquela merda toda que antes me havia posto a pensar...porra não somos nada ...penso de repente...Ainda posso...Mas acabo por não fazer nada.Procuro entre exemplos.Saídas daquele precipício que me levou as tais mazelas que ficaramMas há pior. Podia ter sido eu um dos soterrados do terramoto