PARA VER OS VIDEOS PARA A MUSICA

Global Debate Guerras das Drogas

Loading...

terça-feira, 2 de abril de 2013

Poema- Vivíamos Em Segredo


                                               Vivíamos em segredo




Vivíamos em segredo.
Vivamos escondidos.
Sozinhos
Com iguais...
parecidos
 Marginais
Bandidos
Coitadinhos pro´s mais queridos
 Escumalha para gente que cuspia pro alto.
Muitos afirmavam que era a nossa vontade.
Uma escolha.
Cá dentro uma luta.
Batalha constante
Raiva de nós próprios e as nossas vontades.
Um acto que nos fazia subir a mais alta das montanhas, com a mais ingreme das quedas.
Uma depressão de remorso que nos consumia.
Um rancor para com nós mesmos que ninguém entendia.
E o resultado era sempre igual.
Deitava mo-nos a pensar...
Amanha vai ser diferente dizíamos.
Corriam-nos as lágrimas pelo mal que fazíamos.
Sentia mo-nos os piores dos piores.
Também amamos, e desejamos.
Também quisemos e sonhámos.
 Planeamos uma vida.
 Um amor.
Um futuro
Também pensamos e nos criticamos...
 e nos odiamos...
 e nos questionámos...
Torna mo-nos o nosso pior acusador.
Parámos.
Tentamos.
Quase que conseguíamos.
Ouvíamos histórias de vitórias
Queríamos tentar.
Procuramos mudar. Nos apaixonar.
Viver.
Rejeitávamos a lembrança
Esforçava-nos para esquecer.
Mesmo presente nas esquinas, cegámos-nos.
Crucificava mo-nos.
Ouvíamos um chamamento.
Rejeitávamos.
Os cheiros,
os sons,
as cores
Traiam-nos os pensamentos.
E o vazio chegava...
aquele fundo tão fundo,
aquele dia tão triste
A garganta secava,
a pulsação acelerava,
até a barriga apertava.
E recaíamos.
Era só mais uma vez...
Era só mais uma vez...
Que mentira.
Que falsidade.
Quem queres tu enganar?
Aldrabar o mentiroso?
Só tretas.
Mais um moedinha mais uma voltinha...
there we go again....
vegetávamos,
vivíamos no medo
vivamos em segredo.